8 alimentos que ajudam a reduzir naturalmente o colesterol

alimentos-para-reduzir-colesterol

Mudanças na dieta podem ter efeitos poderosos sobre os níveis de colesterol. A adição de alimentos no seu dia a dia, como aveia, nozes, azeite, peixes gordos e frutas, podem colaborar com a redução dos níveis do colesterol LDL (mau colesterol).

Considerando que a condição aumenta significativamente o risco de doença cardíaca, a administração do colesterol elevado é de importância crítica para a saúde.

Por isso, se você está tentando reduzir o seu colesterol, confira logo abaixo uma lista de alimentos que colaboram para controlar esse problema e melhoram a saúde do coração.

Aveia

aveia

Todos nós sabemos que o café da manhã é uma maneira importante de manter seu corpo alimentado durante todo o dia. Por que não multiplicar os efeitos energizantes da sua refeição da manhã, comendo aveia? Alimentos como aveia e cereais à base de aveia oferecem propriedades para reduzir o colesterol graças ao alto teor de fibra solúvel.

Noz

nozes

Uma abundância de pesquisas mostra que as nozes – incluindo amendoins, pistaches, avelãs, amêndoas e outros – são ricos em esteróis vegetais, que impedem a absorção do colesterol. Apenas um punhado por dia – até 60 gramas – é tudo o que você precisa.

Abacate

abacate

O abacate contém ácido oleico, que não só reduz o mau colesterol (LDL), mas também dá um impulso ao bom colesterol (HDL). Como se isso não bastasse, os abacates são carregados com fibras e beta-sitosterol, um composto químico que ajuda a moderar os níveis de colesterol.

Tomate

tomate

Os tomates estão cheios de licopeno, um composto vegetal que reduz os níveis de colesterol LDL. Os tomates cozidos aumentam a absorção de licopeno, por isso, invista em um saboroso molho de tomate para reduzir o colesterol.

Berinjela

berinjela

A berinjela oferece uma infinidade de benefícios à saúde, incluindo o controle dos níveis do colesterol LDL. De fato, algumas pesquisas têm mostrado que a inclusão de berinjela em uma refeição, reduz o colesterol em até 30%, graças ao seu alto conteúdo de fibra solúvel. Quiabo também se enquadra na categoria de pequenos vegetais redutores do colesterol.

Peixe

peixe

Salmão, cavala, arenque, sardinha e outros peixes gordos são ricos em ômega-3, uma substância que ajuda aumentar o bom colesterol HDL e diminuir o risco de doenças cardíacas. Recomenda-se o consumo de peixe, pelo menos, duas vezes por semana.

Feijão

feijao

O feijão é rico em fibras solúveis, um importante componente na luta contra o colesterol alto.

Azeite

azeite

O azeite de oliva – que é rico em gordura monoinsaturada – parece ajudar a diminuir os níveis do mau colesterol, sem afetar o bom colesterol. Dietas ricas em azeite de oliva, frutas, legumes, feijões e cereais integrais são associados com um menor risco de doença cardíaca e derrame.

Observações Importantes

Não há dúvida de que estes alimentos podem ter um benefício real para as pessoas com níveis elevados do mau colesterol. Ainda assim, é importante entender como usá-los e os limites de seus benefícios.

Lembre-se que mesmo os alimentos saudáveis ​​têm calorias – alimentos que reduzem o colesterol ainda possuem calorias e muitas destas calorias causam ganho de peso. E o ganho de peso pode piorar os níveis de colesterol.

Tenha em mente que a genética desempenha um papel importante – mudanças na dieta não funcionam para todos quando se trata de alcançar os níveis desejados do colesterol. Algumas pessoas são mais suscetíveis às mudanças na dieta do que outros.

Adote um estilo de vida mais saudável – reduzir o colesterol deve envolver grandes mudanças no seu estilo de vida. Isso inclui uma dieta rica em vegetais, frutas e grãos integrais, assim como a prática de exercício regularmente.

Converse com o seu médico – faça exames de sangue regulares para monitorar seus níveis de colesterol e controlar outros fatores de risco.

Dependendo do seu caso, o seu médico pode recomendar gerir o seu colesterol com o uso de medicamentos. Se esse for o seu caso, então tome o remédio. Não pense em comer mais aveia como um tratamento alternativo. Os riscos do colesterol são elevados para você tentar lidar com o problema por conta própria.

Comente com sua conta do Facebook

Deixe uma resposta