Ingredientes nojentos presentes na sua comida – Parte 2

Clique aqui, para conferir a Parte 1 deste post

gross02

Monóxido de carbono

O que é: a mesma substância que sai do escapamento do seu veículo, também é utilizada em embalagens de carne e alguns tipos de peixes, como tilápia e atum. O monóxido de carbono ajuda a manter o frescor dos alimentos.

Onde é utilizado: o monóxido de carbono é injetado em plásticos, depois que todo o ar é sugado da embalagem para bloquear o processo de oxidação que pode tornar a carne escura. O processo é considerado seguro para humanos, embora não seja amplamente utilizado.

Água salina

O que é: água salgada na comida?(!) Os fabricantes costumam injetar sal e os outros ingredientes na carne crua (principalmente de frango) para realçar o sabor e aumentar o peso da carne antes de serem vendidas.

Onde é utilizada: geralmente, você irá encontrar a água salina em carnes embaladas. Confira se no rótulo, há alguma inscrição informando “aromatizado com até 10% de uma solução” ou “caldo de galinha com até 15%”.

lodo rosa e amônia

O que é: o iodo rosa é um produto derivado das sobras da carne. O processo consiste em derreter a gordura da carne e, posteriormente, colocar estes restos em uma centrífuga para formar uma pasta.

Onde é utilizado: o resultado é uma substância chamada carne magra de fina textura que é tratada com gás de amônia – um produto químico de cheiro forte encontrado em produtos de limpeza doméstica – para matar os germes, e misturada com a carne moída.

Bisfenol A

O que é: o produto químico bisfenol A, ou BPA, tem sido associado a problemas de comportamento, do cérebro e da próstata, especialmente em fetos e crianças.

Onde é utilizado: embora o BPA tenha sido removido da maioria dos plásticos (incluindo mamadeiras e copinhos), ele ainda pode ser encontrado no revestimento de alguns enlatados.

Celulose

O que é: a celulose é derivada principalmente da polpa da madeira e do algodão, e é utilizada na fabricação de papel, e, por vezes, adicionada aos alimentos.

Onde é utilizado: adicionada ao queijo ralado para manter os fios grudados, e também, pode ser encontrada em sorvetes.

Fumaça líquida

O que é: o fumo líquido é feito pela queima de serragem. A fumaça derivada desta queima é capturada com água ou com óleo vegetal.

Onde é utilizada: O produto resultante pode ser adquirido e adicionado a molhos e outros alimentos para dar aquele sabor de fumaça aos alimentos. Fumaça Líquida também é adicionada ao feijão cozido, cachorro-quente, bacon, carne seca, produtos relacionados a churrasco, entre outros.

Clique aqui, para conferir a Parte 1 deste post

Comente com sua conta do Facebook

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here