10 tendências na área alimentar em 2013

2013Um novo ano requer novas mudanças, certo? Bom, se depender da forma como nos alimentamos, o ano de 2013 pode prometer algumas surpresas e certas transformações em nosso hábito alimentar.

Com base em notícias, curiosidades, ingredientes, gastronomia e cultura pop, no cenário nacional e internacional, compilamos 10 tendências na área alimentar que podem ser destaques neste ano.

Confira o que há de mais quente para 2013!

1. Grão do ano: Quinoa

01

O grão crocante e saudável vai ser a bola da vez em 2013. E por uma boa razão: a quinoa é a maior fonte de magnésio, vitamina E, folato, fibra e proteínas entre os grãos mais tradicionais (1 xícara). Para se ter uma ideia, a quinoa possui o dobro de ferro quando comparada ao feijão. O sabor da quinoa se assemelha muito ao da aveia e pode ser preparada de maneiras diferentes, tornando-a extremamente versátil. 

2. O ano do combate ao diabetes

010

O diabetes é uma doença tão perigosa que foi responsável por mais de 470 mil mortes no Brasil entre 2000 e 2010, segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado mês passado. A doença crônica mata quatro vezes mais do que a Aids no país e ainda supera o número de vítimas fatais do trânsito. Em 2013, o número de ações e produtos quem combatem o diabetes se tornará mais frequente e acessível aos consumidores.

3. Gelatina criativa

04

A gelatina pode ser considerada a sobremesa de 2013. As novas misturas, moldes e sabores, fazem da gelatina um alimento saboroso e, por que não, criativo. Uma boa notícia, já que muitas dessas gelatinas são livres de gordura e contém poucas calorias.

4. Tudo sem glúten

02

O ponto alto em 2012, vai permanecer em 2013. Não são apenas as pessoas com doença celíaca (o corpo não pode processar glúten) que evitam comer alimentos sem glúten, milhares de outros indivíduos estão evitando produtos que contenham esta proteína (encontrada no trigo, cevada e centeio). O motivo? Maio valor nutricional, aliviar o estresse e melhorar a saúde digestiva são algumas das razões para que os “sem glúten” agrade a todos.

5. Homens no Supermercado e Cozinha

09

Os homens estão ficando mais confortáveis e experientes na cozinha. O público masculino se tornou mais ativo quando se trata de cozinhar, fazer compras e planejar as refeições. Alguns supermercados já estão de olho nesta tendência e começaram a criar setores específicos para os homens que adoram cozinhar. A frase “Lugar de mulher é na cozinha”, parece que ficou no passado.

6. Carne de Cabra

05

Sim, cabra. A carne mais consumida no mundo (cerca de 70% da carne vermelha consumida no mundo é de cabra) sempre foi muito explorada no nordeste e é a nova queridinha das grandes capitais. Saborosa, magra, rica em ferro, proteína, cálcio, ômega 6 e ômega 3 e com baixo teor de colesterol, a carne de cabra já caiu no gosto de chefs e nutricionistas e pode lhe surpreender em 2013.

7. A vez dos vegetais

06

A cabra é a exceção, pois em 2013 os prazeres da carne serão substituídos pelos prazeres dos vegetais. O flerte com a comida vegetariana torna-se um hábito alimentar. Isso não significa apenas saladas inovadoras, mas também apresentações criativas de vegetais assados ​​ou cozidos no vapor, mesmo os mais tradicionais como cenoura, couve ou brócolis.

8. América do Sul – a próxima fronteira

07

Uma tendência internacional próximo à sua casa. Países como Brasil, Argentina e Peru, estão crescendo no cenário gastronômico no mundo. O churrasco, pão de queijo, ceviche, bolinho de bacalhau e outras receitas sul americanas, aparecem cada vez mais nas revistas e sites estrangeiros. Quem sabe, neste ano, ficaremos livres do estigma de “Futebol, Caipirinha e Carnaval” e nos tornaremos referência gastronômica.

9. Hora do Chá

08

Segundo dados da Euromonitor, o consumo de chá cresceu 16% no Brasil entre 2009 e 2011, mais do que a média mundial que foi de 12%. Com opções diferenciadas, como morango, rosas com framboesa e laranja com especiarias, os fabricantes de chá esperam conquistar uma parte dos amantes pelo café.

10. Alimentos Orgânicos

03

Enquanto os cientistas continuam debatendo se os alimentos orgânicos são mais saudáveis que os tradicionais, os consumidores parecem ter feito a sua escolha. De acordo com uma pesquisa recente realizada pelo site AllRecipes.com (maior portal de receitas no mundo), 58% dos cozinheiros estão preferindo usar ingredientes naturais e orgânicos em suas receitas. Se você quer conhecer um pouco mais sobre os alimentos orgânicos, clique aqui.

 

Concorda com os nossos achados? Compartilhe sua opinião e envie o que você acha que nós vamos ver no mundo dos alimentos neste ano!

Referências  Eating Well
                 Huffington Post
                 Supermarket News
                 Diario do Sudoeste
                 Data Mark

Comente com sua conta do Facebook

8 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here