A importância da vitamina D para as mulheres

vitaminDDois estudos recentes realizados em dois países diferentes, mostram que a vitamina D pode ser um componente vital para a saúde cognitiva das mulheres à medida que envelhecem.

O primeiro estudo, realizado pelo Hospital Universitário de Angers, na França, verificou que a maior ingestão de vitamina D na dieta está associada a um menor risco de desenvolver a doença de Alzheimer.

Da mesma forma, uma pesquisa realizada no VA Medical Center em Minneapolis, EUA, descobriu que baixos níveis de vitamina D entre as mulheres mais velhas estão associados com maiores chances de comprometimento cognitivo.

As duas pesquisas chegam para ratificar ainda mais a importância da vitamina D para a nossa saúde, já que estudos anteriores constataram que homens e mulheres com um baixo índice de vitamina D no organismo possuem um risco maior de desenvolver limitações de mobilidade e deficiência.

Alimentos ricos em vitamina D

A ingestão recomendada de vitamina D para a maioria dos adultos é de 600 unidades internacionais (UI), sendo que 20% vêm da nossa dieta, isto é, aquilo que consumimos diariamente.

Para obter o máximo de vitamina D em suas refeições, adicione as fontes naturais listadas abaixo.

– Salmão: 360 UI (100 gramas)
– Leite de Soja (fortificado com vitamina D): 304 IU (1 copo)
– Atum Enlatado: 154 UI (100 gramas)
– Camarão: 129 UI (100 gramas)
– Leite: 100 UI (1 copo)
– Sardinha: 46 UI (100 gramas)
– Suco de Laranja: 45 UI (1 copo)
– Fígado Bovino: 42 UI (100 gramas)
– Gema de Ovo: 37 UI (1 unidade)
– Queijo Ricota: 25 UI (uma xícara)

Comente com sua conta do Facebook

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here