Cientistas inventam maçã crocante

Você quer comer uma maçã. Você a corta. Ela fica marrom. Você não a quer mais – Normal, não? Já ensinamos algumas formas de evitar que a maçã fique escura logo após cortá-la. Mas agora, prevenir o desperdício desta deliciosa fruta, evoluiu para outro patamar.

Uma equipe de cientistas da Okanagan Specialty Fruits, uma organização canadense que busca inovações alimentares, acaba de inventar a “Arctic Apple” (Maçã do Ártico, em inglês), uma maçã geneticamente modificada que sempre está crocante e nunca fica marrom.

Segundo o cientista Neal Carter, a nova maçã vai ajudar a evitar o desperdício de alimentos, bem como, reduzir os custos com a reposição da fruta.

Alguns produtores de maçã ainda não estão convencidos da inovação. “Não acho que há interesse da indústria da maçã ter esse produto no mercado no momento.” Informa Christian Schlect, para o jornal The New York Times.

Alguns outros cientistas já expressaram inquietação de que essa modificação genética possa impedir a capacidade natural da maçã de nos avisar quando estão podres. A preocupação é de que cada vez mais, as maçãs se tornem um produto industrializado vendido em sacos plásticos, ao invés de ser uma fruta que cresce em árvores.

E você, se arriscaria a comer a Arctic Apple?

Até a próxima!

Referência   Huffington Post

Comente com sua conta do Facebook

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here