Boa notícia para quem gosta de arroz

arrozUma nova pesquisa realizada pelo International Rice Research Institute (Instituto Internacional de Pesquisa do Arroz, em Inglês), analisou 235 variedades de arroz em todo o mundo e concluiu que o índice glicêmico (IG) da maioria deles está abaixo da média que é de 64.

O índice glicêmico (IG) é o potencial que um determinado alimento tem de aumentar a carga de açúcar no sangue. Sempre que ingerimos carboidratos, estes entram na corrente sanguínea com diferentes velocidades. Com base nesse fato, é possível classificá-los: quanto mais rápido o seu ingresso, maior será a liberação de insulina pelo pâncreas, pois o corpo tenta equilibrar os níveis de açúcar.

Quando o alimento tem um alto IG (mais rápido), significa que ele é facilmente digerido e absorvido pelo organismo, resultando em flutuações nos níveis de açúcar no sangue que podem aumentar as chances de ter diabetes.

Por outro lado, alimentos com baixo IG (mais lentos), são aqueles que têm uma digestão e absorção mais lenta no organismo, causando uma liberação gradual e sustentável de açúcar no sangue, reduzindo as chances de desenvolver diabetes.

Alimentos com valor de IG até 55 são considerados de baixo Índice Glicêmico. Entre 56 a 69 de IG moderado e 70 ou mais, de alto IG.

Arroz com feijão, risoto, sushi, arroz doce, são apenas alguns exemplos que mostram como o arroz está presente em nossas vidas.

Esta descoberta é uma boa notícia para os diabéticos e todas as pessoas que adoram arroz. As dietas de baixo índice glicêmico oferecem uma gama de benefícios à saúde. Elas podem reduzir a probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2, e também são úteis para ajudar os diabéticos a gerenciar melhor a doença.

Lembrando que o equilíbrio é essencial. Esta descoberta não o libera de se empanturrar de arroz. A moderação é chave integrante para uma dieta saudável.

Até a próxima!

Referência  Science daily

Comente com sua conta do Facebook

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here