O segundo cérebro

segundoSe você está depressivo, estressado, triste ou de mau humor, saiba que seu problema pode não estar na cabeça, mas sim, em um órgão que muitas pessoas não desconfiam: o intestino.

O intestino é um dos maiores responsáveis pela sensação de bem-estar, regulação do humor e causa de alguns distúrbios depressivos. Para muitos cientistas, o intestino pode ser considerado como o segundo cérebro do corpo humano.

Este segundo cérebro está localizado em um local chamado sistema nervoso entérico, que contém cerca de 100 milhões de neurônios e é uma cópia da rede de neurônios que existe no primeiro cérebro.

O cérebro do intestino tem uma ligação direta com o cérebro encefálico e também pode determinar o estado mental de uma pessoa.

Por falar em estado mental, o intestino está diretamente relacionado com a serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar).

Aproximadamente, 90% da serotonina total do corpo humano está localizada nas células do intestino, onde são usadas para regular os movimentos intestinais. O restante é sintetizado no sistema nervoso central, onde possui várias funções como regulação do humor, apetite e sono.

É por isso que, ter hábitos alimentares saudáveis e cuidar bem do intestino, podem interferir no humor e evitar problemas emocionais como estresse, ansiedade e depressão.

O que fazer para manter meu intestino saudável?

– Coma fibras: O mais indicado é consumir fibras solúveis (frutas, verduras, aveia, feijão), e também as fibras insolúveis (farelo de trigo, cereais integrais, arroz, pão, torrada).

– Invista nos iogurtes: os iogurtes contém probióticos – as bactérias boas que regulam a função intestinal.

– Quinoa: a quinoa é um grão que não contém glúten em sua composição, sendo uma alternativa saudável para os celíacos (intolerância ao glúten).

– Importante: consuma bastante água! A água vai ajudar a umedecer o intestino, trabalhando para que este órgão funcione corretamente

Leitua Recomendada: “O Segundo Cérebro”, do autor Michael D.Gershon que foi um dos precursores da teoria.

Comente com sua conta do Facebook

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here